1922 (2017)


1922 é um novo filme da Netflix e mais uma adaptação de Stephen King lançada pela plataforma. A adaptação é de um conto homônimo que faz parte do livro “Escuridão Total Sem Estrelas” lançado no Brasil em 2015 pela Suma de Letras. O filme foi dirigido e roteirizado por ZakHilditch, e foi bastante elogiado pelo autor da obra original. 

O filme é ambientado no ano que dá nome ao longa, e segue a história da família James, composta pelo patriarca Wilfred James (Thomas Jane), sua mulher Arlette James (Molly Parker) e seu único filho Henry James (Dylan Schmid), que moram em uma fazendo no Nebraska. Wilf, como é chamado pela família e amigos, é um típico fazendeiro e patriarca de uma família daquela época, e o que mais importa para ele é suas terras e seu filho, que herdará elas.

Mas sua esposa Arlette nunca gostou de viver em uma fazenda, seu sonho é ir para uma cidade grande e abrir uma butique. E seu sonho se torna possível quando ela herda de seu pai 40 hectares de terra e decide vendê-las para ter o dinheiro que precisa. Mas Wilf tem outros planos, ele quer continua em sua fazenda e que seu filho herde as terras. Mesmo tentando argumentar com a esposa, ela está irredutível e como as terras são delas, ele não tem nenhuma opção. 


Segundo Wilfred, dentro de cada homem existe outro homem, um homem calculista e perverso, e esse homem dentro do Wilfred influencia o seu filho – que também não deseja abandonar sua vida na fazendo e sua namorada – a matar Arlette. E como o próprio Wilfred diz “uma hora todos nós somos pegos”, a decisão se mostrará uma das piores decisões de sua vida. 

Depois de cobrirem os ratros do crime, eles jogam o corpo dela em um poço, assim como suas roupas e jóias, para simular uma fuga. Em 1922 o que acontecia com a esposa de um homem, era assunto dele, principalmente se a esposa “fugisse“, a policia não fazia perguntas para preservar a honra desse marido. E assim os dois seguem com suas vidas na fazenda, mas ambos não conseguem esquecer o que fizeram e a culpa começa a consumi-los.

Henry fica cada vez mais distante do pai e perde o bom senso entre o certo e errado, já Wilfred não consegue esquecer a última imagem que tem da mulher: morta em um poço e sendo comidas por ratos. E esses ratos parecerem estar infestando a casa deles. 

1922 não é um filme de terror com sustos, mas um filme de terror psicológico com uma ótima atuação de Thomas Jane, que realmente incorporou ao personagem. Apesar de na ter sido um dos meus filmes favoritos da plataforma, ou uma das adaptações de King, mas é filme com um bom enredo e roteiro.


 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!