A GAROTA DO CALENDÁRIO (NOVEMBRO) - AUDREY CARLAN


Título: A Garota do Calendário: Novembro
Título original: Calendar Girl
Série: A Garota do Calendário
Autor: Audrey Carlan
Livro: 11
Editora: Verus
Páginas: 160
Adicione: Skoob
Comprar: Saraiva / Amazon
Nota: 4/5

Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser. Em novembro, Mia viajará novamente para Nova York por motivos profissionais, mas dessa vez o trabalho é diferente. Ela precisará entrar em contato com celebridades — sorte dela que alguns dos amigos que fez em sua jornada estão prontos para ajudá-la!

Como já contei nas resenhas dos livros anteriores (JaneiroFevereiroMarço -AbrilMaio - Junho - Julho - AgostoSetembro - Outubro) Mia Saunders precisa de muito dinheiro, depois que seu pai fez uma dívida de um milhão de dólares com Blaine, um perigoso agiota, que por acaso é o ex-namorado dela, e acabou em coma no hospital, restou para a garota largar sua vida para conseguir pagar a dividia, já que o agiota estava ameaçando a vida de Maddy, sua irmã mais nova. Mia então virou um acompanhante de luxo e todo mês é mandada para um destino diferente, onde mora com seu cliente e vive novas aventuras.

Novembro é o penúltimo mês do ano e, conseqüentemente, o penúltimo livro da série. Depois de uma jornada inimaginável, temos uma leitura vem leve, sem nada extraordinário acontecendo, mas o que não deixa a trama menos incrível. 

"Às vezes um homem tem que passar pelo inferno para valorizar aquilo que tem de bom." 

Depois do excelente trabalho que fez no mês anterior, Mia resolve convidar alguns de seus amigos, e antigos clientes, para entrevistá-los em seu programa. Mason e Anton concordam rapidamente e aproveitamos para matar a saudade desses dois. Também acompanhamos a Mia por uma viagem de trabalho a Nova York, ao lado de Wes, que apesar de estar mais recuperado do seu trauma, ainda age de maneira possessiva em relação à Mia e seus amigos. 

E se você estava sentindo muita saudade do Max, como eu estava, Mia também vai passar o dia de ação de graças com a toda sua família – exceto seu pai, que continua em coma – e para surpresa de todos, Mia e Mandy nunca tiveram um jantar de ação de graças antes, fazendo a raiva que Wes e Max sentem pelo pai dela aumentar. 

"Meu último pensamento antes de cair no abismo, em direção às águas escuras da nossa paixão, foi o de que todos os anos, todos os feriados, todos os dias da minha vida seriam assim, maravilhosos, desde que eu tivesse Wes comigo."

Mas quando pensamos que tudo está perfeitamente bem, acontece uma coisa no final do livro, um pequeno gancho que me deixou super curiosa, e como já li o último volume, posso dizer que algo bombástico ainda vai acontecer. 

Nesse volume não temos personagens novos, mas temos a reaparição de personagens incríveis e que sentimos muitas saudades ao longo dos volumes. Faz alguns meses que terminei de ler essa série e ainda sinto uma saudade absurda dela. 


 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!