EU ASSISTI: ANNE WITH “AN”


Estava passeando entre os inúmeros títulos da Netflix, procurando algo para que eu pudesse assistir quando me deparei com Anne With an “E”. Era a nova série da plataforma que foi baseada em um romance infantil de época que é bem famoso no mundo de Hollywood. Quando comecei a assistir a série, pensei que seria apenas uma história infantil, pensei até mesmo que seria algo apenas para rir e passa o tempo, mas me enganei. Anne With an “E” é um festival de emoções.

Anne (Amybeth McNulty) é uma criança órfã com um passado perturbado e uma e uma imaginação tão fértil que chega a ser irritante, e aos poucos ela vai ganhando os corações do telespectador aos poucos. Ela é adotada por engano por um casal de irmãos que desejam um menino para ajudá-los com a fazenda, e partir desse momento, ela faz tudo o que pode (e não é preciso muito) para conquistar o coração deles e ser aceita na família. Dramas aparentemente bobos que ganham intensidade a cada episodio e flashback da menina. 


Apesar de Anne viver em uma época bem distante da nossa, já que a série se passa no século 19, ela fala bastante sobre os problemas atuais. Sobre esperança, preconceito, traumas em idades precoces, bullying, e como somos capazes de culpar crianças por erros que nós cometemos e mais do que qualquer outra coisa, a imaginação.

A produção apresenta longos episódios complexos. A situação da Anne é a mesma de muitas crianças em torno do mundo, mas ainda assim, ela segue sonhando e criando fantasias para superar os seus problemas. A série é bem executada e estruturada, mesmo sendo protagonizada por crianças e tento tantas crianças como coadjuvantes, ela não deixa a desejar para os adultos.

Anne é uma ótima aposta da Netflix e eu estou esperando ansiosamente pelas próximas temporadas. Anne With an E” é o tipo de série que vai causar um enorme apego em você, sem falar no turbilhão de emoções.


 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!