RESENHA: A GAROTA DO CALENDÁRIO (MAIO) - AUDREY CARLAN

Título: A Garota do Calendário: Abril 
Título original: Calendar Girl
Série: A Garota do Calendário
Autor: Audrey Carlan
Livro: 05
Editora: Verus
Páginas: 160
Adicione: Skoob
Comprar: Saraiva Amazon
Nota: 4/5

O quinto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em maio, Mia vai trabalhar como modelo no Havaí, onde conhecerá Tai, um dos homens mais impressionantes que ela já viu. Com ele, Mia vai descobrir que o prazer não tem limites — e que ela deve aproveitar absolutamente tudo o que a vida tem a oferecer.
ESSE LIVRO NÃO É RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS

Como já contei nas resenhas dos livros anteriores (JaneiroFevereiroMarço -  Abril) Mia Saunders precisa de muito dinheiro, depois que seu pai fez uma dívida de um milhão de dólares com Blaine, um perigoso agiota, que por acaso é o ex-namorado dela, e acabou em coma no hospital, restou para a garota largar sua vida para conseguir pagar a dividia, já que o agiota estava ameaçando a vida de Maddy, sua irmã mais nova. Mia então virou um acompanhante de luxo e todo mês é mandada para um destino diferente, onde mora com seu cliente e vive novas aventuras. 

O destino desse mês é Havaí. Para a surpresa de Mia, dessa vez ela foi contratada para ser modelo em uma linha de biquínis para mulheres plus size, para quem não sabe, a Mia é cheia de curvas. E para a alegria dela, ela poderá levar sua irmão mais nova, a Maddy, e a sua melhor amiga, Ginelle, para passar uns dias em sua companhia. Mas antes das “férias” começarem, a nossa protagonista precisa resolver algumas em Vegas. 

"É frustrante esperar. Sinto como se estivesse vivendo metade de uma vida, com a outra metade por aí, em algum lugar sem mim." 

Ao chegar na cidade em que cresceu, Mia se depara com uma grande surpresa ao saber que sua irmã está namorando com um rapaz e que o relacionamento está tão serio que a mesmas está pensando em perder a virgindade com o mesmo. Mia então entra em desespero ao se dar conta de que sua irmãzinha está crescendo, ela não consegue aceitar ver que a mesma está ganhando asas, já que praticamente criou a menina. O problema é que antes de Mia conseguir aceitar tudo o que está acontecendo, em um jantar na casa dos pais do Matt o mesmo pede a mão de Maddy em casamento e ela lidar com a situação de uma forma bem precipitada. Apenas depois de ver o quanto Matt  faz a irmã feliz,  e o quanto a família dele está disposto a proteger a menina, ela vai se tranquilizando. 

Já no Havaí, Mia está bastante empolgada com a sessão de fotos da grife italiana, mas quando conhece o modelo Tai Niko, um nativo da região que tem um lado do corpo todo tatuado, ela tem sua atenção desviada, pois só consegue pensar em explorar aquelas tatuagens. E acompanhada do samoano sexy, ela vai desvendar os limites do sexo e do prazer, ao mesmo tempo em que descobre um pouco mais sobre si. 
"O verdadeiro amor sempre é difícil. Acho que você tem que passar por algumas provações e adversidades para chegar ao final feliz, para encontrar o “viveram felizes para sempre”
O mês de Maio foi o mês em que mais conheci a Mia de verdade, eu pude vê-la como é junto com sua amiga e sua irmã, vi o lado maternal da mesma e tudo o que ela fez pela menina. As cenas no Havai e sobre a cultura de lá, também são bem descritas e podemos adicionar o Tai a lista de caras que estão mudando a Mia.  Gostei bastante do fato dele ser um cara bem simples e humilde, saindo da onda de caras ricos arrogantes. 

A diagramação da editora também está sensacional, sem erros de português, com letras grandes e poucas paginas! Um ótimo livro para ler em uma praia, pois é uma leitura rápida e muito quente!



 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!