RESENHA: PEQUENAS GRANDES MENTIRAS - LIANE MORIATY

Título: Pequenas Grandes Mentiras
Título original: Big Little Lies
Autor(a): Liane Moriarty
Editora: Intrínseca
Páginas: 400
Ano: 2015
Classificação: ★★★★
Adicione: Skoob
Compre: Amazon ☮ Americanas 
 Saraiva  Submarino
Com muita bebida e pouca comida, o encontro de pais dos alunos da Escola Pirriwee tem tudo para dar errado. Fantasiados de Audrey Hepburn e Elvis, os adultos começam a discutir já no portão de entrada, e, da varanda onde um pequeno grupo se juntou, alguém cai e morre.
Quem morreu? Foi acidente? Se foi homicídio, quem matou?
Pequenas grandes mentiras conta a história de três mulheres, cada uma delas diante de uma encruzilhada.
Madeline é forte e decidida. No segundo casamento, está muito chateada porque a filha do primeiro relacionamento quer morar com o pai e a jovem madrasta. Não bastasse isso, Skye, a filha do ex-marido com a nova mulher, está matriculada no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline.
Celeste, mãe dos gêmeos Max e Josh, é uma mulher invejável. É magra, rica e bonita, e seu casamento com Perry parece perfeito demais para ser verdade.
Celeste e Madeleine ficam amigas de Jane, a jovem mãe solteira que se mudou para a cidade com o filho, Ziggy, fruto de uma noite malsucedida.
Quando Ziggy é acusado de bullying, as opiniões dos pais se dividem. As tensões nos pequenos grupos de mães vão aumentando até o fatídico dia em que alguém cai da varanda da escola e morre. Pais e professores têm impressões frequentemente contraditórias e a verdade fica difícil de ser alcançada.
Ao colocar em cena ex-maridos e segundas esposas, mãe e filhas, violência e escândalos familiares, Liane Moriarty escreveu um livro viciante, inteligente e bem-humorado, com observações perspicazes sobre a natureza humana.
Logo nas primeiras páginas do livro, descobrimos que na festa para arrecadar fundos da escola de Pirriwee, acontece uma pequena confusão e que algum dos pais não saí vivo. Sem revelar quem te dato foi a vítima do acidente ou assassinato, a trama começa a girar em torno dos acontecimentos que ocorreram ante dessa morte. 

Somos então apresentados a Madeline, mãe de três filhos, sendo a mais velha fruto do seu casamento anterior, com quem está com sérios problemas de relacionamento. Aparentemente, Abigail está começando a gostar mais da madrasta e prefere passar mais tempo com o pai, que a abandou quando era pequena. Apesar de tentar aceitar as coisas, Madeline não consegue compreender as motivações da filha e sofre por isso; Celeste, mãe de gêmeos, casada com um milionário sexy e que ama a família, e que aparentemente tem a vida que qualquer mulher quer, mas nem tudo são flores; Jane, uma jovem de 24 anos e mãe de Ziggy, ela acabou de se mudar para cidade a fim de recomeçar sua vida. Alguns meses antes da fatídica noite, Jane as conhece e ali se forma uma grande amizade. 

O plot central de Pequenas Grandes Mentiras pode ser o mistério envolvendo o acidente ou homicídio. Mas, a cada página que se passa uma nova revelação é feita, e nem sempre é sobre essa noite, desperta no leitor uma grande curiosidade para continuar a leitura. E algo que ajuda muito é o fato dos serem escritos em terceira pessoa e se alternam de acordo com a perspectiva de cada protagonista, carregando suas visões de mundo, principalmente as pequenas mentiras que elas contam a si mesmas e aos outros. 



Além disso tudo, no final da maioria dos capítulos, há trechos de depoimentos dos pais presentes na festa, revelando os problemas entre eles, as interpretações errôneas dos fatos e o seu próprio ponto de vista. 

A escrita do livro é sensacional e conforme avançamos a leitura, percebemos que os personagens são muito complexos e as temáticas abordadas nem sempre são leves. O principal tema do livro, sem dúvidas é violência contra mulher, seja física ou verbal. 

Pequenas Grandes Mentiras é o segundo romance de Liane Moriarty publicado no Brasil pela editora Intrínseca, que inclusive o relançou com a capa da minissérie de TB da HBO baseada na obra e estrelada por Reese Witherspoon, Nicole Kidman e Shailene Woodley. Ainda não vi a série e ainda não li O Segredo do Meu Marido, que foi o primeiro romance dela, mas sem dúvidas vou ver/ler tudo dessa autora.

Espero que vocês tenham gostado da resenha! Se alguém já leu, me conte o que achou!


 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!