FAROL DAS ORCAS (2016)


Beto (Joaquín Furriel) é biólogo marinho e trabalha no Parque Nacional da Argentina observando o comportamento das Orcas e da vida marinha. O que ninguém consegue entender é a ligação que ele tem com as Orcas, pois sem nenhum medo, Beto vive entrando na água para brincar com elas, o que é proibido, pois elas são consideradas Baleias-assassinas. Em um belo dia, aparece em sua porta uma mulher com uma criança pequena, eles são Lola (Maribel Verdú) e Tristan (Joaquín Rapalini), e o motivo de estarem ali é justamente a ligação de Beto com os animais. 

Tristan vive no spectro autista, ele não interage com ninguém além da mãe, não falo e não demonstra sentimentos, mas ao ver um documentário sobre Beto e as Orcas, Lola não pensou duas vezes em sair da Espanha e ir atrás do mesmo, acreditando que isso possa ajudar seu filho de alguma forma. 

Beto, de primeira, não está interessado em ajudar o menino. Acostumado a viver sozinho em um lugar deserto, tem poucos amigos e único laço que mantém de verdade é com seu cavalo e com as Orcas, mas depois de alguns estudos, ele percebe que pode fazer a diferença na vida do menino e decide ajudá-lo.


A forma em que ele se empenha em ajudar Tristan é muito bonita, mas o que realmente toca nesse filme é ver como o menino evolui aos poucos! Apesar de não acontecer nenhuma grande mudança no spectro autista dele, é perceptível o quanto ele vai se tornando um garoto mais feliz com o passar dos dias, e a relação dos personagens torna-se algo especial.

O é realmente sensacional e emocionante. Quando terminei de assistir, pesquisei sobre ele e descobri que o filme é baseado em fatos reais, apesar de algumas coisas terem sido adicionadas e mudadas, coisas essas que não interferiram no real sentido da história.


15 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Me pareceu ser um ótimo filme, vou colocar na minha lista para dar uma olhadinha outra hora, achei a história muito interessante.

    https://spkyjmchrstms.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que bom que é esse filme gosto muito quando os filmes são baseados em fatos reais, esse filme é bastante emocionante. Gostei bastante desse filme e dos personagens do Beto e do Tristan, esse filme toca muito na gente, bjs.

    ResponderExcluir
  4. Nunca tinha ouvido falar desse filme mas parece ser bom gostei da história, vou tentar assistir em breve, obrigada pela dica de filme

    ResponderExcluir
  5. Oiê!
    Adoro filmes baseados em fatos e que retratam pessoas autistas, como trabalho na área da educação me interesso muito por esse assunto.
    Vou procurar esse filme para assistir agora nas férias! Obrigada pela dica =)

    ResponderExcluir
  6. Olá!Bom dia! Acredita que comecei a assistir esse filme agora, ainda não cheguei no final, mas até o momento é um ótimo filme. A história é muito boa! Só quem tem um filho autista sabe como é bom celebrar as pequenas conquistas do dia-a-dia! Abraços

    ResponderExcluir
  7. Já assisti esse filme na Netflix. É tão bom agora ter acesso a filmes e produções alternativas ou de outros países, como é o caso da Argentina. Gostei muito dos cenários naturais e da evolução da criança durante a narrativa. Recomendo este filme, especialmente pela Natureza e como nos conduz a uma realidade tão diferente da nossa.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, sério que esse filme é baseado em fatos reais? Gente! Acho super importante ver uma representação para crianças autistas nas telinhas. Já assisti esse filme e gostei bastante, coisa rara!

    ResponderExcluir
  9. Oi, que sugestao legal, eu não conheço, mas já está na minha lista. Fiquei bem curiosa com o Tristan. Vou assistir e depois volto pra te dizer.

    ResponderExcluir
  10. olá , tudo bem ? Ainda não a assisti o filme , gosto das histórias baseadas em fatos reais . Essa história mexe com ambas as partes , Beto ao ajudar Tristan tambem se torna uma pessoa melhor , menos solitária . Amei a tematica e quero assistir. Bjsss

    ResponderExcluir
  11. Gostei desse filme vou querer assistir pois gosto de filmes desse tipo principalmente por envolver animais marinhos.
    Bjs
    http://www.divamodaefotografia.com.br

    ResponderExcluir
  12. Nunca tinha ouvido falar desse filme, mas parece ser bem interessante! Gosto muito quando é baseado em fatos reais, valeu a deica!
    Beijos,
    https://blogalaxyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Esse parece ser um filme muito interessante, filmes baseados em fatos reais são emocionantes e enriquecedores, a resenha me despertou a curiosidade; Irei procurar para ver aqui com certeza, beijos.

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    eu gosto bastante de filmes que tem uma história real por trás. É um filme para se emocionar mesmo eu gostei bastante dos personagens e com certeza já quero assistir, adorei!

    http://fabiisanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Amei sua resenha, eu mesmo quero assistir, gosto de histórias baseadas em fatos reais e que de alguma forma nos ensina algo, beijos.

    ResponderExcluir

 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!