AMIGOS DA FACULDADE


Quando vi o trailler de Friends From College na Netflix, fiquei extremamente empolgada, porque me parecia uma série de comedia no estilo de Friends ou, até mesmo, How I Met Your Mother, já que a Colbie Smulder, que deu vida a Robin na segunda produção,estava no elenco. Mas, infelizmente, a série não era nem um pouco parecida, já que a qualidade nem chega perto das séries citadas. 

Na trama conhecemos um grupo de amigos formados por Ethan (Keegan-Michael Key), Lisa (Cobie Smulders), Sam (Annie Parisse), Max (Fred Savage), Nick (Nat Faxon) e Marianne (Jae Suh Park). Como o nome da série já diz, eles se conheceram na faculdade e mantém a amizade (e algumas outras coisas) desde aquela época, mas diferente da maioria dos amigos verdadeiros, toda vez que eles se reúnem parece mais uma competição de quem tem a melhor vida, melhor família, melhor emprego e o que era para ser uma comédia, se torna uma grande chatice, pois o que fica parecendo é que a amizade já não existe ali (se é que um dia existiu). Sem contar que os personagens são inconvenientes, arrogantes e extremamente egoístas. 

Ao assisti a série você espera uma comédia que não acontece, as piadas não funcionam e a carga dramática é muito maior e seria uma ótima fuga da série, mas os personagens forçados conseguem estragar até isso. Se você, como eu, é fã dos originais Netflix ou assiste algo pensando nos papéis anteriores do ator, não se deixe enganar facilmente. 


Temos como premissa a mudança do casal Ethan e Lisa para Nova York, onde eles vão poder morar perto dos antigos amigos. O Lisa não sabe é que Ethan mantém um caso com Sam desde o inicio do relacionamento e não consideram aquilo como algo grave, além do mais, aparentemente todo o grupo de amigos sabem desse caso, menos a própria Lisa. Inclusive acho que o personagem do Ethan foi o que mais me incomodou nessa série, não apenas pela traição, mas pelos trejeitos do próprio e a maneira exagerada em que forçava as piadas, fazendo-o parecer apenas mais um babaca. 

Friends From College, não completamente ruim, mas ela tem um ritmo devagar e enredo fraco que podem irritar a algumas pessoas, como eu, por exemplo. A verdade é que você fica com aquela sensação de que a série poderia ter sido muito boa, mas que no meio do caminho algo se perdeu.



Deixe sua opinião

 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!