[MÚSICA] PLAYLIST: MÚSICAS PARA OUVIR NA ESTRADA


Ontem eu saí de Salvador e vim para Itambé para o casamento do primo do meu namorado. UFA! Foram seis horas de viagem e amanhã também estarei voltando para casa, ou seja, pegarei estrada de novo. Por isso eu vim compartilhar com vocês, a playlist que eu separei para essa viagem. Espero que gostem!!


Beijos da Luma  





[LIVROS] RESENHA: BATALHAS INTERIORES, ESCOLHAS DA VIDA - FABRÍCIO MAURÍCIO

Editora: Pandorga Nacional
Autor: Fabrício Maurício
Sinopse: Vivemos em uma eterna luta interior, buscando o melhor caminho para nossas vidas. Entretanto, nos deparamos com várias escolhas e dúvidas, qual é o caminho certo ou errado? Afinal, qual é a nossa natureza?

Patrick demora muitos anos para conhecer seus vários Eus. E ainda mais tempo para identificar seus valores e descobrir qual é a sua missão nessa vida.

Nesse período de descoberta, entre erros e acertos, enche sua sacola com uma coleção interminável de escolhas equivocadas, que desencadeiam um efeito dominó em sua vida.

Suas escolhas o conduzem a caminhos repletos de tragédias, que acabam por testar seus limites ao extremo.

Uma história de redenção, o leitor vai se identificar com conflitos, lutas, desesperanças, infortúnios e conquistas. Comparando os fatos da vida de Patrick com suas próprias escolhas.

"O "se" e o "será" são terríveis, sempre nos confundem"

Resenha: Patrick é um jovem de um metro e setenta e três de altura, com oitenta e oito quilos, um rosto marcado por ptose palpebral - uma pequena deficiência no olho, em que um fica mais caído que o outro – e que tinha entrado na faculdade aos dezesseis anos, por ser extremamente inteligente. Aos dezessete anos, ele estava exausto de ter aulas durante a tarde e noite inteira, e ainda ter de pegar um ônibus - que é onde ele conhece o senhor Paulo, um personagem importante -  lotado todos os dias. Por causa desse cansaço, ele decide que precisava de uma moto ou um carro, e fez disso seu objetivo.


Achando que o meio mais fácil de conseguir realizar seu objetivo é entrar no exército para um curso de oficial, Patrick espera completar dezoito anos, então vai se alistar e fazer a prova para o concurso. No exército conhecemos dois personagens importantes o Sargento Porto e o Major Mendes. Depois de muitas dificuldades, Patrick finalmente consegue comprar sua moto e sai do exército decidido a criar um negócio que lhe dará dinheiro. 

"A vida é uma eterna batalha interior. Só conseguimos vencer as batalhas do nosso dia a dia se a interna estiver controlada. E esta nunca cessa. Assim você precisa aprender a combater sem se infelicitar por isso! Desta batalha você só sai sem vida. Por isso é preciso viver durante a luta. É o momento da vida. Exatamente quando ela acontece. Em meio a luta. Por isso não se entregue..."

Percebemos no decorrer do livro que Patrick sempre acaba fazendo as escolhas que supostamente lhe dará dinheiro mais rápido - e muito mais fácil. Depois que o seu pai é assassinado em sua frente, Patrick começa a usar remédios antes-depressivos e o álcool como remédios por conta própria para tentar curar a dor da perda do pai que ele tanto amava. Essa é uma fase importante na vida de Patrick, depois do luto ele decide que já é hora de mudar. É quando ele decide o que quer da vida: ter um filho, plantar uma arvore e escrever um livro. 

Aos trinta anos, Patrick é um empresário e está bem de vida, casado, morando em uma casa própria e com uma arvore plantada, mas ainda sente que falta algo em sua vida. Em outra escolha errada, ele decide mudar-se de estado e refazer sua empresa. A escolha não dá certo, indo à falência em menos de dois anos e com o casamento em um momento de crise, Patrick começa a usar drogas e a beber para esquecer-se dos problemas. Depois de algumas semanas assim, ele acaba decidindo dar um fim à sua vida e pula da janela do seu apartamento, passando dois anos em coma e perdendo o nascimento dos seus filhos. 

"Aprendi que a razão sozinha não é suficiente para nos dar todas as respostas que buscamos e que a emoção nos revela que nem tudo tem resposta."

A narrativa do Fabrício é simples e faz com que a leitura flua fácil, muitas vezes me senti na historias e muitas vezes me vi torcendo para o Patrick não fazer outra escolha errada. Ah, amei a capa do livro, simples e linda - adoro capas simples. No começo de cada capítulo tem uma página com quadrinhos ilustrativos sobre o mesmo. Sério, eu amei isso. 


Batalhas Interiores é um livro que te faz refletir sobre as escolhas erradas que nós fazemos em nossas vidas. Através da história do Patrick, Fabrício nos mostra que apesar das escolhas erradas sempre podemos fazer uma escolha certa.  

A história do Patrick vai me acompanha por toda a vida e sempre vou lembrar desse livro quando fizer alguma escolha errada e me der conta dela. Mas com certeza antes de fazer alguma escolha, eu vou pensar nesse livro e nas conversas do Patrick com Paulo. Agradeço muito ao Fabrício por essa oportunidade, essa leitura simplesmente me marcou.


 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!