[LIVROS] RESENHA: COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ - JOJO MOYES

    
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas: 360 
Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.

Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

"Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida de melhor forma possível"

Resenha: Eu sempre via esse livro nas livrarias e achava sua capa perfeitamente linda – eu sou APAIXONADA por capas simples, e acho essa sensacional -, mas nunca parei para ler a sinopse, ou decidi compra-lo, até a turnê da intrínseca, onde vi o trailer do filme e decidi que precisava ler o livro com urgência. Mal sabia eu, que esse livro me deixaria com o coração partido em mil pedaços e afogado em lágrimas, ao mesmo tempo em que me passaria mensagens maravilhosas. Como eu era antes de você, entrou para minha lista de favoritos e me marcou de uma maneira incrível. 

Will era um homem ativo, cheio de vigor e amava aventuras. Mas sua vida muda completamente quando, em uma tarde chuvosa, sofre um acidente e fica tetraplégico. Dois anos depois, Louisa acaba de ficar desempregada e começa a procurar outro emprego desesperadamente, já que seu salário é muito importante para ajudar a sua família em casa. Quando surge um emprego como cuidadora para um deficiente, que por acaso é Will, ela tem um contrato de trabalho de seis meses, e é justamente neste período que tanto sua vida, quando a de Will irão mudar para sempre, e eles jamais serão os mesmos.


A forma sensacional que a Jojo Moyes escreve, nos mostra de uma maneira muito real uma inusitada forma de amor e quanto o mundo é cheio de dificuldade para quem tem deficiência ou limitações. Os diversos pontos de vistas, nos faz refletir sobre o que é certo e errado em diversos momentos, e nos mostra de uma forma muito esclarecedora que é possível sim, um tetraplégico, ou alguém que possuiu algum tipo de deficiência semelhante, viver! Mas também aprendemos o quanto isso é difícil. 

A linguagem de fácil compreensão, nos ajudam a entender pelo que Will está passando de uma forma muito claro. E é realmente triste ver as limitações e todo o processo doloroso pelo qual o tetraplégico tem que passar pata ter o mínimo de conforto. Louisa chega em um momento no qual ele mias precisava, e é maravilhoso ver o quanto ambos mudam, sem nem ao menos se darem conta. De como mudam a vida um do outro e de como Will mostra para Louisa o quanto é importante que ela mude e aprenda a viver de verdade. E de como ela lhe mostra possibilidades, lugares que pode ir, coisas que pode fazer e como é possível ser feliz. Ambos descobrem o amor de uma forma maravilhosa.

"Ser atirado para dentro de uma vida diferente - ou, pelo menos, jogada com tanta força na vida de outra pessoa a ponto de parecer bater com a cara na janela dela - obriga a repensar sua ideia de quem você é. Ou sobre como os outros o veem"

Eu posso dizer a vocês, que nenhum livro que já tenha lido, eu chorei ou me emocionei tanto com um livro. Chorei como nunca havia chorado com uma leitura antes. E ainda choro só de pensar nesse livro, ou de reler as minhas partes favoritas. E hoje, depois de algumas semanas, só posso dizer a você que ainda não leu, que leia esse livro, porque você não vai se arrepender

E como vocês sabem, dia 16 vai estrear o filme nos cinemas. Irei deixar o trailer aqui em baixo, para quem quiser dar uma olhadinha.




 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!