[FILME] EU ASSISTI: CAPITÃO AMERICA - GUERRA CIVIL



Olá, leitores! Ontem à noite eu fui a pré-estreia do filme Capitão América: Guerra Civil. Juro que achei que não sobreviveria para contar a vocês, porque ontem eu acordei com o pé esquerdo – nunca entendi esse preconceito, mas ok! – Acordei atrasada para faculdade e perdi minha carona, decidi dormi mais um pouco já que iria de ônibus, e acordei ainda mais atrasada. Peguei um engarrafamento enorme, cheguei na faculdade perto da hora de voltar para casa. Peguei uma fila enorme do SAC e depois de tanta informação errada, voltei para casa no final da tarde sem conseguir o que queria. Isso sem falar no sono que eu estava. Mas vamos voltar ao filme maravilhoso que eu assisti e que vou contar tudo a vocês, ou melhor, quase tudo. 

Sinopse: Steve Rogers (Chris Evans) continua na liderança dos Vingadores que não medem esforços para proteger a humanidade. Mas depois de mais um incidente envolvendo os heróis, cresce a pressão política para instalar um órgão que supervisione a equipe. Com isso, Os Vingadores ficam divididos: um lado liderado pelo Capitão América e seu desejo de liberdade para defender a humanidade, sem a interferência do governo, e o outro liderado por Tony Stark / Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), que apóia a supervisão do governo diante das grandes tragédias oriundas das ações dos Super Heróis.

Minha opinião: Capitão América: Guerra Civil é um grande filme (literalmente); contudo, se você já leu o quadrinho, não vá com grandes esperanças como eu fui. O filme é muito bom, tem ação, comedia, história, bons personagens e o melhor de tudo: um bom roteiro. Só que apesar dos pesares, eu confesso que esperava mais dele. 

A história começa com uma missão liderada pelo Capitão América e que acaba dando errado por um pequeno incidente. Depois dessa situação, começa-se um questionamento entre as pessoas e o governo: até que ponto os super-heróis podem causar destruição – e mortes - sem serem punidos? Depois desse questionamento, 117 países se unem e decidem que, para que Os Vingadores continuem sem punição, eles precisam servir a ONU, que irá supervisiona-los e só os chamarão caso julguem necessário.



(Foto: reprodução)
É aí que começa a história do embate entre o #TeanCapitãoAmérica e #TeanHomemDeFerro. De um lado temos o Capitão América e seu desejo de liberdade para defender a humanidade, sem a interferência do governo, além da vontade de salvar o seu velho amigo Bucky, O Soldado Invernal; e do outro temos o Tony Stark/Homem de Ferro, que apóia a supervisão do governo diante do seu sentimento de culpa pelas tragédias que aconteceram. Os Vingadores se dividem entre os dois lados e o confronto começa. 

Uma das coisas que eu mais gostei no filme, foi a presença de outros personagens da Marvel, como o Pantera Negra que foi muito bem interpretado pelo Chadwick Boseman, o Homem Aranha, que também teve uma interpretação maravilhosa do Tom Holland, e o Homem formiga


(Foto: reprodução)
Como eu falei antes, o filme teve muita ação e as cenas foram muito boas. A comédia também foi presente, como era de se esperar em um filme dos Vingadores, ainda mais com o Homem Aranha no meio – eu já falei do quanto gostei dele? Sim? Tudo bem! - Mas eu achei o filme muito longo, são quase três horas de duração e a luta que todos esperavam demorou muito para acontecer, e essa foi a minha decepção. 

Nos quadrinhos, a Guerra Civil é uma grande luta que reúne quase todos – se não todos – os personagens da Marvel, enquanto no filme mostra apenas Os Vingadores e os personagens convidados, e eu esperei mais da luta, mas ainda assim, eu achei o filme MARAVILHOSO

E só para constar, sou #TeanCapitãoAmérica por toda a vida!!

Espero que vocês tenham gostado. E depois que assistirem, me contem o que acharam. 


 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!