[Livros] Resenha - Extraordinário - R. J. Palacio

Editora: Intrinseca
Acabamento: Brochura
Edição: 2 / 2013
Idioma: Português
Número de Paginas: 320
Tradutor: Rachel Agavino
Sinopse: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.








Resenha: August Pullman, mas conhecido como Auggie, nasceu com uma síndrome genética que teve como sequela a deformidade facial do mesmo. Graças a isso Auggie, que tem apenas 10 anos, foi criado e educado em casa até chegar o dia em que sua mão não tem mais como ensina-lo tudo o que ele pode aprender na escola e toma a difícil decisão de que está na hora dele frequentar uma escola de verdade.

Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros. 

"Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil."

A narrativa do livro conta com cinco pontos de vista diferentes, o que achei perfeito, porque conhecemos não só os personagens profundamente, como também nos faz entender porque eles agem como agem, sejam positivamente ou negativamente.

E eu digo que a autora acertou em cheio no nome, porque a historia é realmente extraordinária. Quando comecei a ler pensei que seria uma história infantil e quando terminei entendi, aquele livro é para ser lido por todas as pessoas, sem importar a idade delas. Principalmente as pessoas que tem algum tipo de preconceito, sim, elas com certeza deveriam ler esse livro.

"Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo."

No decorrer da história ao ver como Auggie era tratado pela maioria das crianças e pessoas, eu pensei na família dele e então pensei em todas as famílias que tem um parente com algum tipo de deficiência. Percebi como são corajosos e verdadeiros heróis.

É um livro que eu indico a todos e se eu pudesse compraria milhares de exemplares e sairia distribuindo a todos e implorando que lessem e deliciassem com a história assim como eu. 

Espero que tenham gostado. Beijinhos e até a próxima. 


 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!